PUBLICIDADE
Opas alerta para ameaça de três vírus simultâneos no fim do ano
18/11/2022 06:14 em Cuidado

Diretora da entidade pede reforço na prevenção, especialmente neste momento que antecede as festas de fim de ano

Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), um braço da Organização Mundial da Saúde (OMS), fez um alerta para a ameaça tripla simultânea de vírus respiratórios nas Américas e pediu atenção especial principalmente no período que antecede as festas de fim de ano.

“O aumento de uma única infecção respiratória é motivo de preocupação. Quando duas ou três começam a afetar uma população simultaneamente, isso deve nos colocar em alerta”, disse a diretora da Opas, Carissa Etienne, durante coletiva de imprensa.

vírus
Crédito: Bertrand Blay/istockOpas alerta para ameaça tripla de vírus

De acordo Etienne, o número de infecções por covid-19, por influenza e de VSR (vírus sincicial respiratório) está “sobrecarregando” os sistemas de saúde de países da região.

O VSR, em particular, preocupa, pois contra ele ainda não existe uma vacina. Além disso, esse vírus tem “impacto sobre os mais vulneráveis”, sobretudo crianças e, especialmente, bebês com menos de 1 ano de idade.

Já os casos de covid, aumentaram 17% na região na última semana, e as mortes aumentaram na América do Sul e América Central. Uma redução nos testes pode estar escondendo o verdadeiro número de infecções.

“Toda vez que nos tornamos complacentes com esse vírus, corremos o risco de ressurgir. Não podemos baixar a guarda”, disse a diretora da Opas.

Outro vírus que preocupa é da influenza. A América do Norte e o Cone Sul estão vendo um aumento de casos, particularmente na Argentina e no Uruguai, colocando uma pressão inesperada nos sistemas de saúde.

Carissa pediu aos países que implementem as ferramentas comprovadas para manter as comunidades seguras, incluindo vacinas, vigilância, uso de máscara e distanciamento social.

“Temos vacinas suficientes para nos manter seguros. Vamos usá-las”, incentivou a diretora.

Sintomas de VSR

De acordo com o Centro de Controle de Doenças dos EUA, pacientes infectados com VSR geralmente apresentam sintomas 4 a 6 dias após serem infectados. Os sintomas de infecção por VSR geralmente incluem:

  • Coriza
  • Diminuição do apetite
  • Tosse
  • Espirros
  • Febre
  • Respiração ofegante

Esses sintomas geralmente aparecem em estágios e não todos de uma vez. Em bebês com VSR, os únicos sintomas podem ser irritabilidade, diminuição da atividade e dificuldades respiratórias.

Fonte: Catraca Livre

COMENTÁRIOS
PUBLICIDADE